Avaliaçao da pressao plantar em pessoas com fascite plantar

Avaliaçao da pressao plantar em pessoas com fascite plantar

Resumo
A fascite plantar é uma síndrome degenerativa da fáscia plantar. Ela refere-se à dor plantar na tuberosidade medial do calcâneo. A baropodometria é utilizada na avaliação das disfunções biomecânicas dos pés, principalmente no controle da distribuição da pressão plantar. O trabalho teve como objetivo analisar a distribuição da pressão plantar em indivíduos com fascite plantar e em indivíduos sem acometimento em mebros inferiores, mediante a utilização da avaliação da baropodometria. A população estuda constou de 20 voluntárias da faixa etária entre 35 e 50 anos, sendo 10 mulheres em cada grupo - com fascite plantar (GF) e controle (GC). A avaliação foi efetuada por meio de plataforma de pressão na posição bipodal com os olhos abertos. As variáveis analisadas nos pés direito e esquerdo foram: pico de pressão no antepé (PA) e no retropé (PR); pressão média anterior e posterior do pé; pressão média máxima do pé (PMM) e largura de base (LB). Em ambos os grupos a pressão média da região anterior do pé foi maior que da posterior. Não houve diferença significativa (p>0,05) entre os grupos quanto ao pico de pressão no antepé e retropé. Em relação às pressões média e média máxima verificou-se que o GF apresentou valores superiores aos do GC (p<0,05). Os resul- tados demonstram que nos dois grupos a descarga de peso na região anterior do pé foi feita de formas semelhantes, porém a PMM verificada nos pés do GF foi superior à do grupo-controle, mostrando, dessa forma, a provável influência do quadro clínico da fascite sobre a distribuição da pressão plantar.

Palmilhas proprioceptivas para o controle postural    220220131127541.pdf

Atendimento

  • (11) 3256-7047 / 3783-5234
  • (11) 97175-2663
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
  • Rua Andrea Palladio, 94 - São Paulo - SP

Atendimento

Menu