Estudo de Caso - A Equoterapia no Tratamento de um Paciente Adulto Portador de Ataxia Cerebelar

Estudo de Caso - A Equoterapia no Tratamento de um Paciente Adulto Portador de Ataxia Cerebelar

Introdução. A Paralisia Cerebral (PC) do tipo atáxica é um tipo raro, sendo a lesão de origem cerebelar. O achado clínico típico é a incoordenação axial e/ou apendicular e o déficit de equilíbrio, que pode estar presente no repouso e mais evidente ao movimento. A equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, buscando desenvolvimento biopsicossocial de pessoas portadoras de necessidades especiais, contribuindo para o aprimoramento da força muscular, relaxamento, conscientização corporal e principalmente na melhora do equilíbrio e da coordenação motora. Objetivo. Avaliar a influência da equoterapia no quadro clínico de um portador de ataxia cerebelar, para caracterizar a técnica como um recurso terapêutico.

Método. Estudo de caso com indivíduo com ataxia cerebelar decorrente de PC. A avaliação se deu através da Escala de Equilíbrio de Berg, avaliação baropodométrica e recursos fotográficos realizados no pré e pós tratamento com intuito de verificar melhoras posturais. O tratamento teve duração de cinco semanas, totalizando dez sessões de trinta minutos cada.

Resultados. Foi observado após reavaliação, que a equoterapia proporcionou melhora do equilíbrio, postura e coordenação.

Conclusão. Verificou-se que a equoterapia pode ser eficaz no tratamento da ataxia.

Arquivos Relacionados

Estudo completo em pdf    210220131311281.pdf

Atendimento

  • (11) 3256-7047 / 3783-5234
  • (11) 97175-2663
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
  • Rua Andrea Palladio, 94 - São Paulo - SP

Atendimento

Menu